Vedanta Life

O Vedanta Life é o portal de aulas do Vishva Vidya, onde as aulas das Turmas Regulares de Vedanta são transmitidas diariamente.

ACHARYA

Jonas Masetti

Carioca e amante da natureza, Jonas come√ßou a trilhar seu caminho espiritual enquanto ainda trabalhava no Mercado Financeiro. Se formou cedo em Engenharia Mec√Ęnica pelo IME e sua carreira profissional foi montada como empres√°rio. Em 4 anos dirigia uma Consultoria e trabalhava com alta dire√ß√£o das empresas.

O estudo entrou na sua vida pela sua necessidade de entendê-la. Como podia ter tudo na vida: família, namorada, dinheiro, sucesso profissional e ao mesmo tempo não estar pleno e satisfeito? E vendo também que as outras pessoas também "bem-sucedidas" não tinham clareza e paz ele foi atrás de respostas. No fim de sua busca se tornou parte da tradição de Vedanta, conhecimento milenar que vem da índia que ajudam as pessoas a encontrar a paz e o equilíbrio interior independente do mundo externo.

Seu percurso como aluno se culminou em uma viv√™ncia de 4 anos de internato na √ćndia com seu mestre Swami Dayananda Saraswati, que √© considerado hoje o maior professor e mestre de Vedanta do nosso tempo. O conv√≠vio pessoal e os ensinamento diretos fecharam um ciclo de aprendizados e maturidade que hoje o Jonas compartilha com todos n√≥s atrav√©s de suas aulas online e retiros. Como parte desse ciclo de aprendizado ele estudou diretamente com a professora Gloria Arieira, o Swami Sakshatkratananda e seu amigo que lhe apresentou Vedanta Santosh Vallury, aos quais ele √© muito grato pelo carinho, dedica√ß√£o e conhecimento.

"Como professor de Vedanta o seu estilo √© ser muito sincero e profundo, o que para alguns poderia gerar at√© certo desconforto ou espanto. Contudo sua maneira leve e espont√Ęnea equilibra o discurso e as pessoas rapidamente passam por transforma√ß√Ķes efetiva e valiosas."

A FAM√ćLIA

Vishva Vidya

Instituto de Vedanta, S√Ęnscrito, Mantras e Cultura v√©dica

Localizado na serra de Petrópolis, o Instituto é a base de onde todas as aulas acontecem. os alunos das turmas podem ir até lá assistir as aulas ao vivo bem como encontrar os professores pessoalmente.

O Instituto carrega o nome de Vishva Vidya que foi dado pelo próprio Swami Dayananda quando o projeto de aulas online e retiros de estudo intensivo foi concebido por ele e pelo Jonas ao final do seu curso de 4 anos.

Vishva Vidya Significa ‚ÄúConhecimento Universal‚ÄĚ dando significado que este conhecimento fala para todas as pessoas de qualquer religi√£o, idade, cultura e nacionalidade.

Comprometimento social

Curso Online Gr√°tis

Espalhando Conhecimento pelo Mundo

Temos a convic√ß√£o a difus√£o do conhecimento realizada pelo Curso Online Gr√°tis, tocando o cora√ß√£o de cada pessoa individualmente, seja necess√°rio para que a nossa sociedade possa se tornar mais harm√īnica, menos violenta e mais compassiva. Como nem todas as pessoas conhecem a tradi√ß√£o v√©dica, o curso online gratis atrav√©s da Web espalha esse conhecimento de forma livre aberta e equ√Ęnime. S√£o sempre cursos voltados a um p√ļblico leigo e temas introdut√≥rios que ajudam as pessoas a se conectar aos temas. Desde de sua cria√ß√£o em 2014 j√° contou com a presen√ßa de mais de 30 professores do Brasil e da √ćndia e os cursos s√£o sempre orientados pelo Jonas Masetti que foi o fundador dessa iniciativa.

Info gr√°ficos Crowdfunding

Programa de Bolsa de Estudos

Conhecimento de Verdade Disponível para Todos

O Programa de Bolsa de estudo tem possibilitado que alunos de todo o país estudem. Atualmente, 30% da nossa receita é destinada a pessoas de baixa renda que tenham o desejo sério de estudar. Acreditamos que essa é umas das formas de apoiar essa tradição de ensinamento que vem nos abençoando desde sempre.

No √ļltimo ano atendemos mais de: 90 bolsistas

João Pedro Galarça

"Certas oportunidades como diz nosso professor chegam na nossa vida e fazem a diferen√ßa . O estudo de Vedanta me trouxe um outro olhar sobre o mundo e sobre mim e consequentemente mudou meu relacionamento com tudo √† minha volta. Gratid√£o ao Mestre Jonas por ter me dado condi√ß√Ķes de estudar e assim poder dar seguimento nesse processo de auto conhecimento!"
Luiz Cl√°udio Magalhaes
52 anos - Rio de Janeiro

Equipe

Denise Kuperman

"Nossas emo√ß√Ķes parecem estar fora do lugar, a vida parece n√£o ter um prop√≥sito, a felicidade parece inalcans√°vel... at√© nos depararmos com uma verdade que muda nossa percep√ß√£o sobre o mundo e sobre n√≥s mesmos... tornando a vida leve; nossas emo√ß√Ķes perfeitas; e a felicidade presente."

Apaixonada pelas artes, carioca e formada em arquitetura. Na sua forma√ß√£o tamb√©m estudou matem√°tica e design. Est√° diariamente com yoga h√° mais de 15 anos e sua pr√°tica a levou a √ćndia onde entrou em contato com Vedanta e desde ent√£o tem se dedicado aos estudos e ao trabalho no Vishva Vidya.

Edgard Tecco

"A simplicidade de Vedanta pode passar por superficialidade aos desatentos, mas é na verdade uma clareza de visão que não estamos habituados a lidar."

Nascido em de Duque de Caxias no RJ, formado em Engenharia Civil, Edgard come√ßou seu caminho espiritual muito cedo com sua pr√≥pia fam√≠lia. Antes de entrar em Vedanta j√° era Mestre de Artes Marciais japonesas de v√°rios estilos. Ap√≥s o regresso do Jonas da √ćndia, passou a estudar e trabalhar com ele nesse sonho de difundir o conhecimento e se autoconhecer. Edgard morou na √ćndia por 6 meses onde pode acompanhar os momentos finais do Swami Dayanada.

Victor Mattos

"Esse estudo √© de fato √ļnico, exige uma mente capaz de analisar logicamente uma f√≥rmula matem√°tica e deleitar-se com o nascer do sol."

Carioca, formado em Design Gr√°fico, Victor come√ßou a estudar Vedanta, S√Ęnscrito e Mantras em 2008 com o pr√≥prio Jonas Masetti. Tamb√©m √© aluno da Professora Gloria Arieira, e em 2012 morou por 6 meses na √ćndia estudando com o Swami Dayananda no Ashram de Coimbatore, onde pode aprofundar seu conhecimento de S√Ęnscrito e entrar em contato com as sutilezas do entendimento de Vedanta. Atualmente, Victor dedica sua vida a esse estudo, sendo um apaixonado pelo s√Ęnscrito e pelo canto de mantras v√©dicos.

contribuidores

Pessoas que deixaram sua marca no Instituto

Dedicamos essa seção para homenagearmos pessoas que não estão mais conosco hoje no instituto, mas que passaram um tempo de suas vidas se dedicando e contribuindo efetivamente para o desenvolvimento e crescimento do instituto.

Gabriel Campinho

De Dez de 2015 à Jun de 2020

Gabriel Campinho

(...) O conv√≠vio com o professor e com os outros alunos de certo me transforma, me traz um melhor entendimento do meu papel e das minhas dificuldades. Aqui √© um lugar de reflex√£o e de crescimento. Por muitas vezes busquei conforto e aprova√ß√£o nas rela√ß√Ķes e nas atividades do Instituto. Mas, pensando bem, d√° pra ver que n√£o √© este o prop√≥sito de um programa de Sevakas. √Č como se fosse uma prova, um desafio para a personalidade, um constante encontro com os v√≠cios, os dilemas e os medos. O resultado desse processo n√£o √© imediato, leva um tempo pra fazer sentido, pra assentar cada coisa em seu lugar. E eu acho que o conhecimento tamb√©m vai florescendo assim, no meio das rela√ß√Ķes, dos desafios da vida l√° fora. √Č impressionante o trabalho do Professor. Ele faz uma doa√ß√£o muito grande do seu tempo, da sua energia e do seu conhecimento. E realmente se preocupa e cuida de n√≥s. Isso √© gratificante para mim. O significado de participar, estudar e contribuir aqui √© acreditar que √© poss√≠vel obter o conhecimento de forma definitiva e clara. Eu sou muito aben√ßoado e agradecido. Om

‚ÄĒ Um dos primeiros sevakas a se juntar ao instituto mesmo antes do programa de sevakas existir. Cora√ß√£o gigante, intelecto afiado, e muita disposi√ß√£o para superar os seus pr√≥prios bloqueios. Agradecemos a voc√™ Gabriel por ter feito parte da nossa hist√≥ria e que Ganesha o aben√ßoe para que possa brilhar ainda mais na sua vida.

Adalto Matos

De Jun de 2019 à Jun de 2020

Adalto Matos

(...) ‚ÄúAssim tem sido sempre a minha vida, e assim quero que possa ser sempre - Vou onde o vento me leva e ent√£o n√£o preciso pensar.‚ÄĚ - Fernando Pessoa

(...) Tudo começou com alguém que achava que ficaria apenas 3 meses, que não passaria disso e que estava o tempo todo na berlinda. Ele achava que a qualquer momento poderia ser mandando embora, expulso, rejeitado, não amado. E todo o esforço era para ser perfeito, para ser digno, para ser o melhor. Ele achava que tinha algo pra dar, ele julgava que tinha algo para oferecer, que pudesse contribuir, que tinha muitas qualidades, ele achava que tinha sido escolhido por que tinha algo pra dar, mas só depois de muito tempo ele percebeu que na verdade o professor o aceitou por ter compaixão daquele menino que com dor e tristeza, tinha muito mais lixo do que tesouros. Um grande processo se iniciou. O tempo foi passando e o menino ansioso, irritado e chato foi mostrando que na verdade ela não era só isso não, ele também tinha amor, tinha alegria, tinha leveza.

(...) A vida me levou para esse caminho. E hoje a vida e o caminho estão completamente conectados. Com satisfação peço a benção de poder fazer aquilo que é pra ser feito por mim e faço o meu namaskaram aos pés de lótus do Guru. OM

‚ÄĒ Um aluno brilhante e com muita vontade de crescer, s√≥ poderia culminar em uma grande j√≥ia. Essa foi a nossa aprecia√ß√£o ao ver o Adalto durante esse programa de Sevakas.

Paz V√°squez Gibson

De Mar de 2020 à Jun de 2020

Paz V√°squez

"(...) Programa Sevakas? Eu não estava muito clara sobre o que isso significava. Só que eu estaria disponível para servir no que fosse necessário. Mas a verdade é que aconteceu o contrário. Mesmo quando alguém realiza uma atividade como seva, essa mesma atividade é usada pelo professor para nos fazer crescer, então, na realidade, ele nunca para de nos servir, mesmo quando nós somos os sevakas. E assim, alguém como estudante está sempre em dívida. Porque o professor não perde a oportunidade de nos ajudar a crescer, enquanto limpamos o jardim ou cozinhamos.

(...) Ao mesmo tempo, tudo o que vivi foi lindo e maravilhoso. Doloroso e difícil também. Uma bênção e um presente imerecido. Alegria e desolação ao mesmo tempo. Não tenho mais palavras para expressar. Esta carta não faz justiça ao que realmente significa estar aqui. Nada que eu possa explicar em palavras pode expressar a menor parte do que vivi aqui.

‚ÄĒ A sua chegada foi inesperada, e ningu√©m contava com a sua for√ßa, bom humor e disposi√ß√£o. Foi um instrumento para muitos, nas suas pr√≥prias sombras, e nesse processo descobriu a parte que ela ocultava de si mesma, e agora tra√ßa uma jornada de supera√ß√£o interna do qual nos orgulhamos muito.

Fl√°via Jasinski

De Fev de 2019 à Jun de 2020

Fl√°via Jasinski

"(...) Foram meses de grandes desafios, de encorajamento interno, meses de ego estrebuchando, de n√£o enxergar o papel√£o que eu estava fazendo, e tamb√©m foram meses de abertura, de choro de medo e de al√≠vio, de sentir que posso viver com isso, de como √© bom ser ningu√©m. Perceber o impacto e o sil√™ncio da mente ao entrar no gelo, ao fazer as medita√ß√Ķes profundas, os desbloqueios e os espa√ßos que o yoga yin e yang trouxeram, as sensa√ß√Ķes ancestrais que os pranayamas trouxeram, os resets no sistema, as crises de choro. Isvara caprichou na intensidade dos processos. Foram in√ļmeras e longas conversas com ele subindo e descendo a montanha, tomando chuva na montanha, sendo ouvida por ele, por ela, pelos bichos que rodeavam... Senti na pele a rala√ß√£o na ostra e tamb√©m os caninos de Isvara, me devorando e devorando tudo que eu colocasse a minha seguran√ßa. Senti tamb√©m todo colo e amor ao colocar minha confian√ßa nele. Pude revisitar v√°rios traumas e v√°rias dores. Foram meses de process√Ķes intensos!"

(...) Estar aqui e sentir a conexão com a tradição viva é emocionante, é como se os anseios que eu sentia tivessem encontrado uma paz em sentir a tradição viva através das pujas, das homas, dos prashnas, dos mantras, pela figura do Professor, pelas aulas presenciais. Toda essa energia é muito forte e ao mesmo tempo muito familiar. Sinto que tudo que sempre tive vontade e necessidade de me conectar são parte da tradição. Pude aprender tantas coisas, caramba! Como sou grata!

(...) Foi muito bonito descobrir e construir essa liga√ß√£o forte entre os Sevakas, al√©m de amigos ou irm√£os, s√£o tamb√©m um espelho ampliador de tudo que esta aqui dentro e ao mesmo tempo √© algu√©m t√£o limitado quanto eu (ok, demora um tanto para entender isso rs). Sem d√ļvida foi um dos maiores presentes, sentir essa liga√ß√£o e sentir esse amor por pessoas t√£o iguais e t√£o diferentes de mim.

‚ÄĒ For√ßa e um carinho infinito foram descobertos por essa menina por detr√°s de todas as carapa√ßas que ela tinha constru√≠do na vida dela. Sinto que ela sai daqui muito mais ela mesma e muito menos uma pessoa que precisa se defender e se afastar do mundo. Que Ganesha a aben√ßoe para que seus caminhos estejam abertos para onde ela v√°.

Débora Schmitt

De Fev de 2020 à Jun de 2020

Débora Schmitt

"(...) Nesse tempo tamb√©m senti novas emo√ß√Ķes. Me vi livre para brincar e rir, coisa que nunca tinha feito. Eu me via como uma pessoa s√©ria, introspectiva, cheia de julgamentos e desconfian√ßa. De repente eu consegui ver minha crian√ßa brincando e sentindo alegria. Consegui trabalhar e levar a s√©rio meus compromissos, mas tamb√©m consegui acessar minha crian√ßa brincalhona e feliz. Eu encontrei uma for√ßa interna que n√£o conhecia. Mesmo reclamando e me sentindo maluca, com a mente podre, eu comecei a ver que √© poss√≠vel conviver com tudo isso, que posso ser sincera e mesmo assim n√£o magoar ningu√©m. N√£o preciso fugir dos meus pensamentos e emo√ß√Ķes, s√≥ preciso encontrar a forma correta de expressar tudo isso.

(...) Me relacionei com os outros muito mais do que imaginei conseguir. Foi bem intenso, achei v√°rias vezes que estava maluca e que devia ficar em casa. Mas eu consegui acordar cedo e ir todos os dias. Estou feliz por esse processo.

‚ÄĒ Ela chegou aqui uma menina e se descobriu uma mulher muito bonita. E para a nossa surpresa, a sua intelig√™ncia ainda supera a sua beleza. Essa pessoa multi talentosa, D√©bora, sempre brilha onde quer que ela v√°. Harih Om